Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2010

Imagem gentilmente fanada daqui.

 

Embirro com este senhor deste que o vi pela primeira vez através das magníficas ondas hertzianas. Por norma não costumo ser assim; mesmo tendo más vibrações ácerca de determinada pessoa, faço sempre um esforço por conhecê-la melhor, tentar colocar-me na sua posição, entendê-la e acabo por aceitá-la, mesmo não simpatizando com ela. Com este senhor foi-me impossível. Eu quis compreendê-lo; infelizmente consegui. Causa-me calafrios, tenho medo, muito medo deste personagem. Não me querendo alongar muito, para já, sobre o que acho a propósito do indivíduo, digo apenas que a sua maneira de ser aparenta ser postiça e artificial, me provoca alguma repulsa intelectual e moral e não demonstra coerência alguma, a não ser com a sua própria agenda. Espero que o futuro me contradiga. A propósito ler isto, que demontra bem o quilate do meco.



publicado por fblourido às 11:27 | link do post | comentar

8 comentários:
De fblourido a 10 de Fevereiro de 2010 às 16:44
Juro que não tenho fontes privilegiadas, parecia que estava a adivinhar. Se soubesse que se ia candidatar hoje tinha-o caracterizado melhor.


De Cais das Colinas a 10 de Fevereiro de 2010 às 17:54
Confesso que não lhe tenho a alergia que tu sentes.
Até lhe tenho (ou tinha) alguma simpatia. Não é aquela "estima e consideração" que os políticos têm uns pelos outros quando se odeiam, pelo contrario.
Agrada-me aquele ar de bonomia e também me impressionou a entrada de rompante pela vida política, até porque começou desde logo com uma enorme visibilidade no Parlamento.
Aquela exposição toda numa altura em que o PS tinha maioria absoluta podia ter sido ingrata até porque o nosso 1º é eloquente na Assembleia e o encontro entre a sua capacidade de comunicação e a inexperiência do novo líder parlamentar do PSD podia ter resultado no trucidamento deste e no fim da sua carreira.
Não foi isso que aconteceu, muito pelo contrário.
O período em que o Paulo Rangel foi o líder parlamentar da bancada foi o único momento em que o líder da oposição não foi o Portas (ou a espaços o Louçã).
Daí a minha simpatia pelo meco (a oposição faz uma falta dos diabos, seja qual for o governo).
Infelizmente o episódio citado a propósito dos diferentes conceitos de liberdade de expressão para Itália e para Portugal é auto-explivativo.
Ora bolas... mais um igual aos outros.


De Joaquim Russo a 10 de Fevereiro de 2010 às 18:55
Já foi quase tudo dito sobre a hipocrisia do Dr. Paulo Rangel. Acrescento apenas que o Dr. Paulo Rangel criticou a Dra. Elisa Ferreira por "ter a cabeça em dois locais ao mesmo tempo" (Parlamento Europeu e CM do Porto). Pouco tempo depois, é ele que faz o mesmo...


De fblourido a 11 de Fevereiro de 2010 às 10:15
Pois é Cais, não discordo das capacidades oratórias do meco, agora conteúdo: zerinho, vácuo. Quanto à necessidade de uma boa oposição não poderia estar mais de acordo: uma boa oposição é, por vezes, mais importante que o Governo; isto é, basicamente, como a concorrência entre empresas, só traz benefícios. Mas também te digo que não será por aqui que o PSD voltará aos seu lugar no cena política portuguesa. Dou-lhe 1 a 2 anos, no máximo, e nunca, mas nunca chegará ao Governo.
Joaquim, exacto, essa foi uma das razões, por que eu disse que ela apenas é coerente com a sua própria agenda.


De Cais das Colinas a 12 de Fevereiro de 2010 às 11:15
Não estou assim tão seguro quanto ao prazo de validade deste Rangel.
Depois dos últimos dias ainda menos estou seguro de que nunca chegará ao governo..
E confesso as minhas dúvidas sobre se seria pior (muito ou pouco) do que os mecos que por lá estão agora.
Ainda assim, aqui fica uma achega sobre o tema inicial da liberdade de imprensa em Portugal versus Itália.
É evidente que a situação em Itália é preocupante uma vez que o PM é dono de diversos orgãos de comunicação social, nomeadamente das televisões.
Mas há uma ressalva que tem que ser feita: em Itália há bem mais do que 4 canais e o Sr. em causa já era um dos maiores magnatas da comunicação social na Europa quando chegou ao poder. E nem sequer se pode dizer que tenha "somado" aos seus canais os do Estado pelo facto de ter chegado a PM. Se perguntes a qualquer italiano, ele confirmará que a Rai Uno é de uma hostilidade ao PM que roça o grosseiro. E o Sr. não se pôs a tentar comprar meios de comunicação social através das grandes empresas italianas sobre as quais agora tem tutela (essa será uma das poucas manhoseiras de que ele não é acusado)
Uma coisa é tu teres algum (ou muito) domínio sobre a comunicação social por seres dono legítimo desses meios (e essa ser a tua carreira de vida antes de chegares ao poder); outra coisa é tu usares o teu poder sobre empresas do Estado ou a tutela sobre empresas arraçadas de privadas mas onde o Estado manda (como a PT através da golden share) para passares a dominar esses meios de comunicação social.
A situação que temos por cá é moralmente muito mais vergonhosa. Mesmo muitíssimo mais vergonhissimamente repugnante. E não quero saber do abuso dos tempos verbais.
O de lá já era dono; o de cá estava a tentar sacar à socapa com dinheiro que não é dele.
Não é a mesma coisa; é completamente diferente.



De fblourido a 12 de Fevereiro de 2010 às 15:42
Claro que arrisco bastante nestes prognósticos, mas é aquilo que penso. De facto, reafirmo que o prazo de validade do meco será curto, já se chega ao Governo ou não, da forma que estão a enterrar o Sócrates, já não tenho tanta certeza. Contudo, penso que o Passos Coelho era uma aposta mais segura para o PSD, a que preço já não sei. Adiante.
Digo-te, PEREMPTORIAMENTE, que quem se candidata, não sendo candidato meia dúzia de dias antes não é coerente. É, isso sim, um cata-vento . Não passa disso, um cata-vento , o que aliás não me chateia. Já me chateia que seja um todo um vazio de estratégia para o País. A questão do controlo da imprensa por parte do Governo ainda está por provar, e eu ainda sou dos que fazem por acreditar que todos são inocentes até prova em contrário. A ser verdade, serei dos primeiros e mais acérrimos carrascos dos responsáveis por tal, seja o Governo por inteiro ou Sócrates individualmente.


De Cais das Colinas a 15 de Fevereiro de 2010 às 12:47
Aqui este Rangel não é um cata-vento; tem é uma agenda própria. Já se percebeu que ele não decidiu candidatar-se na semana passada; quando se deu como não-candidato estava só a gerir os timmings da sua apresentação.
Como já todos sabemos informou a presidente do Partido e o seu suposto amigo Aguiar Branco por sms no dia da conferência de imprensa o que diz muito da sua vontade de unir aquela gente. Ele só queria apanhar todos de surpresa.
Quanto ao suposto plano de controle da comunicação social, eu também sou dos que acredita que todos são inocentes até prova em contrário. Ainda assim não me parece que seja uma invenção; temos vários indícios e o mais forte deles é o reconhecimento tácito ou expresso dos próprios intervenientes.
Nenhum dos intervenientes veio negar o conteúdo das notícias - apenas se queixaram da violação do segredo de justiça (é um reconhecimento tácito); o PM veio assumir que não teve conhecimento FORMAL do negócio PT/TVI, o que quer dizer que teve de facto conhecimento, isto apesar de uns dias antes ter afirmado no Parlamento que não tinha NENHUM conhecimento (é um reconhecimento expresso).
Ora se os principais intervenientes não só não negam o conteúdo da notícia como reconhecem o seu conhecimento (perdoa-me o pleonasmo), quem sou eu para os contrariar.


De fblourido a 22 de Fevereiro de 2010 às 14:27
Para que conste, posta interessante a este respeito:
http://corporacoes.blogspot.com/2010/02/o-padrao-rangel.html


Comentar post

mais sobre mim
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Boas Festas

Claque partidária.

Redenção

"O Dantas em génio nem ch...

"Think of RepRap as a Chi...

Zeitgeist

Isto é claramente, e cada...

Ups...

Boas festas

1', 2'...12'20'' de Músic...

arquivos

Dezembro 2011

Outubro 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

todas as tags

||
drupal stats
blogs SAPO
subscrever feeds