Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

A nossa não é, mas há casos piores. Tema interessante se pensarmos que nos aproximamos de épocas difíceis no que diz respeito ao declínio na produção mundial de petróleo e nas alterações climáticas e seus efeitos secundários, nomeadamente, a escassez de água potável. Ou seja, o menor dos problemas dos nossos filhos será não terem, provavelmente, segurança social. Como calculam, a forma como pensamos a cidade terá que ser completamente alterada em função destes novos desafios que nos são colocados. E iremos vingar, por Toutatis.

Para chamar atenção para esta problemática, criou-se um sítio (www.resilientcity.org), carregado de informação e links para mais informação, que qualquer pessoa, e especialmente os profissionais da área do ordenamento, deverá visitar e aprofundar. Chamo a atenção, particularmente, para a bibliografia em "Resources".

Bom, aqui fica a sugestão e deixo também um pequeno aperitivo sobre o tema: existe um concurso de ideias com prémio. O vídeo abaixo é um trailer de um documentário sobre esta problemática.

 

Podem ver a versão integral aqui.



publicado por fblourido às 09:40 | link do post | comentar

mais sobre mim
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Boas Festas

Claque partidária.

Redenção

"O Dantas em génio nem ch...

"Think of RepRap as a Chi...

Zeitgeist

Isto é claramente, e cada...

Ups...

Boas festas

1', 2'...12'20'' de Músic...

arquivos

Dezembro 2011

Outubro 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

todas as tags

||
drupal stats
blogs SAPO
subscrever feeds