Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

Pois é, preferia que este segundo post fosse sobre outra coisa que não política. Assim não aconteceu.

Quem me conhece sabe que acima de tudo gosto de ser justo e imparcial em questões de ética e moral, por muito que isso me possa custar, e sabe também que as palavras seguintes não me serão fáceis de escrever, mas estou como o outro: "sou forçado".

Algo vai mal na Democracia de um país quando os candidatos, a qualquer tipo de eleições, necessitam recorrer a estratagemas dúbios ou desonestos para amealhar votos.  Tudo parece "normal" falando de outros políticos, mas quando falamos de Elisa Ferreira ou António Costa, pelo menos no meu caso, não me ocorreria associá-los a tal.

Falo do descuido (prefiro pensar que foi um descuido) de António Costa em oferecer as bicicletas aos militantes que com ele percorreram a nova ciclovia junto ao Tejo. Por muito bem intencionado que possa ter sido António Costa (concerteza estaria preocupado com a saúde dos seus apoiantes) não pode, acima de tudo, dar este tipo de exemplo e, para além disso, pretexto para repreensões ou chamadas de atenção por parte dos seus opositores. Ou seja, basicamente, perde-se a razão quando se considera um candidato opositor populista e depois se desata a oferecer bicicletas aos eleitores.

Já relativamente a Elisa Ferreira, não me surpreende tanto a inabilidade para fazer campanha, mas continua-me a surpreender o populismo, que não deve ser a marca, na minha opinião, do PS. Não se pode fazer campanha à câmara da segunda maior cidade do País e ter como uma das principais propostas oferecer tripas aos visitantes. Não se pode ir fazer campanha para o bairro do Aleixo e dizer que aquelas pessoas estão ali bem, aproveitando-se do facto de elas próprias poderem pensar que sim, porque simplesmente não estão e não irão estar enquanto permanecerem guetizadas e estigmatizadas. Não se pode ter apoiantes que dizem para as câmaras de televisão, como que falando em nosso nome, que o dinheiro de actividades que promovem a cidade por esse mundo fora devia, alternativamente, ser dado aos pobres; visão míope de quem não sabe o que é a concorrência que existe entre as principais cidades do mundo, nos dias que correm, para quem as palavras marketing urbano não têm qualquer significado.

Não me revejo neste tipo de campanha e espero que não repitam s.f.f.. Obrigado.



publicado por fblourido às 10:06 | link do post | comentar

1 comentário:
De Ala Liberal a 8 de Outubro de 2009 às 11:43
Quando há uns anos os talibans destruíram os budas gigantes, disseram que com as pedras resultantes da demolição iriam construir casas para os Afegãos.
Foi um bonito gesto, nada populista, diga-se.
O meu receio é que este tipo de raciocínio pegue por cá.
Depois de ver o Abrunhosa defender que o Município devia deixar de promover o Circuito da Boavista para dar esse dinheiro aos pobres, pode sempre vir alguém sugerir que se destruíssem os monumentos do Porto podiam depois usar o entulho para construir habitação social.
Afinal de contas as cidades não precisam de competitividade; dá-se o dinheiro aos pobres e estão todos os problemas resolvidos.
É o Peronismo a atacar na cidade do Porto e pela mão do PS.
Agora faz-se campanha apelando aos descamisados.
Com esta falta de Visão o Porto acabará por se transformar, tal como Lisboa, numa cidade de tipo sul-americano.
Condomínios de um lado e favelas do outro. No meio não ficará nada, nem classe média nem cidadania nem espaço público.


Comentar post

mais sobre mim
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Boas Festas

Claque partidária.

Redenção

"O Dantas em génio nem ch...

"Think of RepRap as a Chi...

Zeitgeist

Isto é claramente, e cada...

Ups...

Boas festas

1', 2'...12'20'' de Músic...

arquivos

Dezembro 2011

Outubro 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

todas as tags

||
drupal stats
blogs SAPO
subscrever feeds